outubro 11, 2008

Casamento Homossexual

Foi ontem a pseudo-votação na lei do Casamento entre Homossexuais. Digo pseudo-votação por questões que são óbvias para quem assistiu ou viu nas notícias.

Aquilo foi no fundo uma verdadeira perda de tempo, isso sim!

Reuniões para estabelecer uma disciplina de voto, a discussão do tema no parlamento, a votação... para quê?

Se tivessem tido o mínimo de coragem de enfrentar um tema que (por razões que me transcendem) é tão sensível na opinião pública, em vez de fazerem aquela fantochada de ontem, teriam gasto menos tempo e a questão ficaria resolvida e não apenas "adiada".

Aproveito para elogiar a atitude do deputado Manuel Alegre que votou em consciência, apesar da disciplina de voto. É um acto que considero louvável, uma vez que não encontro qualquer razão legítima que justifique a já referida disciplina de voto. Nem questões de programa eleitoral, nem prioridades legislativas, nem...

No fim disto tudo a questão que coloco é se não se tratou apenas de uma estratégia política. Se daqui a uns tempos, se o PS for reeleito, o tema não será chamado ao parlamento por eles. E aí sim, votam livremente ou até de forma concertada a favor. Ficando assim como o partido responsável por uma lei justa, que respeita a liberdade e a constituição portuguesa!!!

3 Comments:

At 11:44 da tarde, Blogger humming said...

Sem dúvida, Manuel Alegre esteve muito bem.

 
At 4:29 da manhã, Anonymous desenhos said...

Tinha-o perdido (como todos os favoritos). Vê uma entrevista que o Medina Carreira deu à sic. penso que na sic notícias com o mário crespo, se não procura outra c um jornalista idiota... Acho que vais gostar, ele tb criticou a disciplina de voto.

 
At 11:01 da tarde, Blogger Santiago Chiva, Granada said...

O casamento homossexual vai afetar a nossas famílias. Os fatos demonstram que tudo muda quando o casamento homossexual é legal. Se é legalizado, deve ser ensinado como normal, aceitável e moral, em cada escola pública.
Nas primeiras escolas públicas, inclusive em Infantil, devem ensinar a seus filhos a aceitar que o casamento homossexual é mais uma opção moral. E isto confunde as crianças. Isso já aconteceu em Massachusetts
O testimônio da família Parker comoveu a sociedade americana donde todos os referendos ratificam que o casamento é algo entre homem e mulher: “Solicitamos à escola que nos avisassem quando fossem tratar esses temas para termos a opção de que nosso filho não assistisse a este doutrinamento. Os professores, ao negar a opção de eximir ao nosso filho de assistir essas aulas estavam imiscuindo-se em nosso direito a formá-lo.”
Parker foi a juízo e perdeu. A sentença deu razão ao Estado. Ao ser legal o matrimônio entre pessoas do mesmo sexo, grupos gay poderiam impartir oficinas de sexualidade a crianças de 5 anos sem permissão dos pais.
Você pode ver neste vídeo: http://es.youtube.com/watch?v=CGPUeeAphEE

Recomendo também esta a outro vídeo que também legendados em português, que explica que uma criança também é uma dádiva: http://es.youtube.com/watch?v=pJtlrYmZe6Y

Santiago Chiva, Granada, Espanha

 

Enviar um comentário

<< Home